Alergia a Anti-Inflamatórios

Os anti-inflamatórios não hormonais, também conhecidos como AINE são muito utilizados no dia a dia, pois fazem parte do tratamento de inúmeras doenças. Alguns exemplos de anti-inflamatórios:

  • AAS
  • Dipirona (Novalgina®)
  • Paracetamol (Tylenol®)
  • Diclofenaco
  • Cetorolaco (Toragesic®)
  • Nimesulida
  • Ibuprofeno
  • Entre outros

No Brasil, é a classe de medicamentos responsável pela maior parte das alergias medicamentosas.

Como suspeitar que tenho alergia a AINE?

Após a utilização do AINE (não necessariamente ingerindo, mas também através de pastilhas ou pomadas), os seguintes sintomas podem aparecer minutos até no máximo 24 horas:

  • Urticária: manchas vermelhas no corpo, elevadas, que coçam bastante, semelhante a picada de inseto
  • Angioedema: inchaço, principalmente no rosto (olhos, lábios e língua)
  • Falta de ar, tosse, espirros
  • Vômitos, diarréia e dor abdominal
  • Desmaios ou queda da pressão arterial

 

Ainda, os AINEs podem ser responsáveis por sintomas que aparecem após dias do uso do medicamento, que podem variar muito, mas em geral se manifestam como lesões de pele:

  • Descamações de pele ou de mucosas
  • Lesões fixas, como pintas vermelhas ou amarronzadas
  • Inchaços recorrentes

 

Existe algum exame que vai confirmar a alergia?

Não existe exame de sangue que possa confirmar a alergia a anti-inflamatórios.

Dependendo da história clínica e dos sintomas exames cutâneos podem ser solicitados, como Prick Teste ou Patch Teste. O importante é procurar um especialista para que ele te oriente o que realmente pode ajudar no diagnóstico.

 

Tipos de Alergia a Anti-Inflamatório

1. Reação Adversa não seletiva a AINE

Todos os anti-inflamatórios atuam inibindo uma enzima específica chamada COX, inibindo assim a sua resposta inflamatório, diminuindo febre ou dor.

Alguns pacientes apresentam uma pré-disposição que ao diminuir de forma importante a COX, existe o acúmulo de uma outra substância, chamada BRADICININA, que quando em concentrações elevadas levam aos sintomas de alergia (inchaço, lesões na pele).

Assim, nessa forma de reação, TODOS os anti-inflamatórios podem causar alergia e assim, devem ser evitados. Nesse tipo, as reações são dose dependentes, e alguns anti-inflamatórios que inibem fracamente a COX podem ser utilizados, como o paracetamol na dose de 500mg até de 6 em 6 horas.

2. Reação Adversa seletiva a AINE

Nesse tipo de reação o mecanismo é outro: o corpo entende uma proteína específica de um dos anti-inflamatórios como estranha produzindo Imunoglobulina E (IgE) específica contra ela. Nesses casos, a reação ocorre apenas a esse anti-inflamatório, e não a todos.

Como saber qual tipo de reação eu tenho?

A avaliação com especialista é fundamental! Ele pode te orientar a respeito das duas reações, qual o seu tipo, se serão necessários exames complementares e quais medicamentos evitar.

 

Tomei o anti-inflamatórios por vários anos e nunca tive nada. Agora, já adulta, apresentei reação. Isso é normal?

Sim! As alergias só ocorrem contra medicamentos que já tomamos alguma vez na vida. Não sabemos por que alguns pacientes apresentam alergia após a 2ª exposição e outros após a 1000ª, mas sabemos que pode demorar anos até que os sintomas de alergia apareçam.

 

Existe cura para esse tipo de alergia?

Não! Após a confirmação de alergia o anti-inflamatório deve ser evitado.

Caso exista uma condição clínica ou doença em que a pessoa necessita fazer uso de anti-inflamatório e não há outra opção de medicamento existe um procedimento chamado dessensibilização que induz a tolerância.

A dessensibilização consiste em oferecer ao paciente doses crescentes da medicação até chegar na dose almejada. É feito sob supervisão médica e em ambiente hospitalar. Essa dose deve ser mantida diariamente, para que o efeito da tolerância não seja perdido.

Converse com um especialista a respeito caso esse seja o seu caso!

 

Considerações Finais

  • Sempre confira se o medicamento que você vai tomar não contém anti-inflamatório. Hoje em dia existem diversos anti-inflamatórios, e medicações para gripe podem contê-los
  • Não esqueça que não apenas comprimidos podem causar alergia! Pomadas e pastilhas também
  • Esse post é meramente informativo, sendo que a consulta com especialista é fundamental para confirmação do diagnóstico

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s