Alimentos sólidos: como introduzi-los na dieta do seu filho

A alimentação complementar é a introdução de outros alimentos para bebês que estão em aleitamento materno ou em uso de fórmula infantil.

Conforme a criança se desenvolve, esta adquire capacidades motoras e perde certos reflexos do nascimento, o que indica que ela está apta a receber outros alimentos além do leite. Até os 6 meses de vida, o leite materno é o alimento ideal do ponto de vista nutricional, emocional e estímulo motor. A partir dessa idade, outros alimentos devem ser acrescentados a dieta devido a necessidade nutricional e também pelo momento propício do desenvolvimento motor e sensorial da criança.

Continuar lendo “Alimentos sólidos: como introduzi-los na dieta do seu filho”

Anafilaxia

Anafilaxia é uma reação alérgica grave que pode acometer o corpo todo, causando falta de ar, perda de consciência e podendo levar à morte.

É uma emergência médica que requer cuidado imediato e um acompanhamento posterior com o alergista/imunologista.

A anafilaxia ocorre quando um indivíduo altamente alérgico a uma substância é exposto a esta substância. As que mais causam anafilaxia são:

  • Alimentos
  • Medicamentos
  • Veneno de insetos Himenópteros (abelhas, vespas e formigas).

A exposição pode ser por ingestão, picada, inalação ou contato.

Continuar lendo “Anafilaxia”

Ataxia-Telangiectasia

O que é?

A Ataxia-Telangiectasia (A-T) é uma doença rara, cujos sintomas aparecem em crianças pequenas e vão se agravando a medida que o tempo passa. É uma doença que afeta diferentes partes do corpo, em particular o sistema nervoso central e o sistema imunológico (que é responsável por defender o corpo contra microorganismos).

Como adquirimos essa doença?

Essa é uma doença genética e assim, hereditária. Isso significa que são passados genes do pai e da mãe para o filho. É uma doença autossômica recessiva, ou seja, os portadores não apresentam sintomas e têm 25% de chance de ter um filho com a doença.

at2
A-T é uma doença hereditária, autossômica recessiva. Os portadores do gene não apresentam sintomas.

 

O gene alterado na Ataxia-Telangiectasia é conhecido como ATM. É um extenso gene localizado no cromossomo 11 e que codifica a proteína ATM, responsável por inúmeras funções em nosso corpo.

at1
Gene ATM codifica a proteína ATM, responsável por inúmeras funções em nosso corpo

Continuar lendo “Ataxia-Telangiectasia”

Displasia Congênita do Quadril

 O que é?

  • É uma condição onde há uma alteração no desenvolvimento do quadril do recém nascido que prejudica a estabilidade desta articulação. Isto é, o encaixe do fêmur na bacia não é firme, fazendo com que o quadril fique frouxo, instável, portanto displásico. Algumas vezes tão instável que já ao nascimento ocorre o desencaixe desta articulação (luxação congênita do quadril)
  • Aproximadamente um em cada 1.000 recém-nascidos poderá nascer com o quadril luxado

Continuar lendo “Displasia Congênita do Quadril”