Principais Dúvidas Sobre Alergias

Posso me tornar alérgico a algum alimento/medicação que tomei por anos sem ter reação?

Sim!

É necessário ter um contato prévio e repetido com alimento ou medicamento para desenvolver alergia. A reação nunca acontece no primeiro contato. Não sabemos o porquê algumas pessoas levam dias e outras anos para desenvolver a alergia.

Quais são os alimentos mais comuns que causam alergia?

Os alimentos mais comuns que causam reação alérgica em adolescentes e adultos são o camarão, frutos do mar, amendoim e castanhas. A alergia a esses alimentos tende a ser permanente, ou seja, não melhoram com o passar do tempo.

Já em crianças, os alimentos mais comuns são leite, trigo, ovo e soja; e a reação tende a ser transitória, ou seja, conforme a criança cresce adquire tolerância e passa a não apresentar mais alergia.

Alergia pode se desenvolver em qualquer idade?

Sim!

É mais comum na infância e na adolescência, porém adultos e idosos também podem desenvolver reações alérgicas.

Fatores físicos, como calor, frio, água podem causar alergia?

Sim!

A urticária física é causada pelo contato ou exposição com os fatores acima. Leia mais no Post sobre Urticária crônica.

Ar condicionado piora alergias respiratórias?

Não!

Se higienizado corretamente a chance dele acumular alérgenos como ácaros e fungos diminui bastante e assim, não causará piora nos sintomas respiratórios.

Qual a diferença entre asma e bronquite?

Bronquite asmática ou alérgica são nomes diferentes para a mesma doença: asma. O termo bronquite era utilizado antigamente por médicos não especialistas.

A alergia a proteína do leite de vaca pode causar rinite alérgica e asma?

Não!

A alergia a proteína do leite de vaca causa sintomas cutâneos, como urticária, angioedema ou dermatite atópica; gastrointestinais, como diarréia com sangue e vômitos; e reação grave como anafilaxia, que pode de forma aguda causar coceira no nariz e olhos, falta de ar, sibilos e coriza.

Leia mais no post sobre APLV

A alergia a proteína do leite de vaca pode causar resfriados e gripes de repetição?

Não!

Leia mais no post sobre APLV

Podemos desenvolver reações alérgicas contra insetos?

Sim!

Formiga, veneno de vespas e abelhas podem desencadear reações alérgicas locais ou graves.

Sintomas cutâneos como urticária, angioedema e inchaço no local da picada podem vir acompanhados de outros sintomas sistêmicos, como:

  • Falta de ar, tosse e coriza
  • Coceira nos olhos, nariz e boca
  • Vômitos e diarréia
  • Queda da pressão arterial, desmaio

O que são ácaros?

Ácaros são microorganismos invisíveis ao olho nu que se alimentam da pele morta que descama de nossa pele. Por isso, eles são os principais componentes da poeira doméstica. Nos exames laboratoriais para alergia é possível solicitar “Pó doméstico” ou os ácaros específicos, como Dermatophagoides pteronyssinus ou Blomia tropicalis.

Conhecer o tipo específico de ácaro que causa a alergia é importante para a instituição de tratamentos específicos, como Imunoterapia (também conhecida como vacina para alergia).

Existe algum exame que prediz se vou desenvolver alergia?

Não!

Hoje em dia os exames laboratoriais são usados para confirmar o quadro de alergia que já aconteceu. As Imunoglobulinas E específicas (IgEs), também conhecidas como RAST, que são dosadas pelo sangue, indicam sensibilização ao alérgeno. Pessoas podem ter IgE positiva a vida toda e não desenvolver alergia.

As reações alérgicas têm cura?

Algumas alergias melhoram com o tempo, enquanto outras não.

Alergias que podem melhorar com o tempo:

  • Alergias alimentares em crianças, principalmente aos seguintes alimentos: leite, ovo, soja e trigo
  • Dermatite atópica: com o passar dos anos as crianças com dermatite atópica podem apresentar melhora dos sintomas

Alergias que em geral não melhoram com o tempo:

  • Alergia a veneno de insetos (abelhas, formiga e vespas)
  • Alergia a medicamentos
  • Rinite alérgica
  • Alergias alimentares a frutos do mar, castanhas e amendoim

Até o momento não existe cura para alergia. Existem tratamentos que diminuem os sintomas e outros que ajudam a diminuir a sensibilização aos alérgenos, como imunoterapia.

Quem tem alergias respiratórias (asma e/ou rinite alérgica) pode fazer natação?

Sim!

No entanto, cada caso deve ser avaliado com cuidado pelo seu médico! Pacientes com sintomas graves podem não se beneficiar desse esporte. Também, o cloro na água das piscinas pode irritar as mucosas e piorar alguns sintomas. Não é que a pessoa tenha alergia ao cloro, mas ele é um irritante, assim como cheiros fortes, cigarro e perfumes.

Prefira piscinas tratadas com ozônio.

Alergia a corante existe?

Sim! Porém é bem raro.

Na maioria dos casos, quando investigamos laboratorialmente ou realizamos testes com corante, os resultados vêm negativos. Hoje, cada vez mais estudos mostram que os corantes não são responsáveis por desencadear alergia, no entanto, evitá-los é ter hábitos alimentares saudáveis, o que sempre é recomendável.

Lembrando que alguns alimentos podem causar manchas vermelhas na pele (urticária) e coceira por serem “liberadores diretos de histamina”, como chocolate, tomate, morango, carne de pouco, entre outros. Não acontece em todas as pessoas e em geral acontece na ingestão de grande quantidade do alimento. Converse com um alergista na presença de sintomas após ingesta desses alimentos!

Existe alergia a lactose?

Não! A lactose é um açúcar presente no leite de vaca. Só podemos desenvolver reações alérgicas contra proteínas; a carboidratos e gorduras não!

A doença relacionada a lactose é a intolerância a lactose, que consiste na falta da enzima lactase no intestino. Sua função é digerir o açúcar do leite. Assim, na ausência total ou parcial dela, a digestão do leite fica prejudicada, levando aos seguintes sintomas após a ingesta de leite e seus derivados:

  • Distensão abdominal
  • Flatulência
  • Náuseas e vômitos
  • Diarréia
  • Cólica

Leia o post completo Intolerância a Lactose x Alergia a Proteína do Leite de Vaca

Tem mais alguma pergunta que não encontrou a resposta aqui? Deixe nos comentários abaixo para que possamos te responder!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s