Vacina contra Gripe

A vacina contra Gripe é realizada no início do período de maior circulação do vírus, ou seja, no outono/inverno.

Para saber mais sobre os sinais e sintomas da Gripe confira o Post completo sobre Gripe.

Do que protege?

Protege contra o vírus Influenza, causador da Gripe.

Existem dois tipos de vacina contra gripe: trivalente e quadrivalente.

  • Trivalente: protege contra 3 subtipos do vírus, 2 cepas do vírus A e 1 cepa do vírus B
  • Quadrivalente: protege contra 4 subtipos do vírus, 2 cepas do vírus A e 2 cepas do vírus B

Fonte: Folha de São Paulo
Fonte: Folha de São Paulo

Do que a vacina é feita?

É uma vacina que contém o vírus morto, ou seja, não pode causar a doença.

Sua formulação contém proteínas de diferentes cepas do vírus Influenza definidas ano a ano conforme orientação da Organização Mundial da Saúde (OMS), que realiza a vigilância nos hemisférios Norte e Sul. As cepas vacinais são cultivadas em ovos embrionados de galinha e, por isso, as vacinas contêm traços de proteínas do ovo.

Ainda, sua composição contém formaldeído e antibióticos (geralmente gentamicina ou neomicina), utilizados durante a produção para prevenir a contaminação com germes.

 

Efeitos Colaterais

  • Manifestações Locais: dor e vermelhidão no local da aplicação podem acontecer em 20% das aplicações e em geral somem em 48 horas
  • Manifestações Sistêmicas: febre, mal-estar e dor muscular acometem 2% dos vacinados. Têm início de 6 a 12 horas após a vacinação e persistem por um a dois dias, sendo mais comuns na primeira vez em que tomam a vacina. São reações benignas e leves
  • Reações anafiláticas são raríssimas

 

Esquema de Vacinação

  • Para crianças de 6 meses a 9 anos de idade:
    • 2 doses na primeira vez em que forem vacinadas (primovacinação), com intervalo de um mês
    • Revacinação anual (uma dose)
  • Para crianças maiores de 9 anos, adolescentes, adultos e idosos:
    • Dose única anual

 

A vacina é fornecida pelo Ministério da Saúde de forma gratuita para quem?

As seguintes populações podem receber a vacina gratuitamente nos postos de saúde:

  • Crianças entre 6 meses e 5 anos de idade
  • Idosos (maiores que 60 anos)
  • Gestantes
  • Pessoas com doenças crônicas, como asma, problemas no coração, diabetes, problemas na imunidade
  • População indígena

Na rede privada, ela é liberada para maiores de 6 meses, sem restrição de idade ou doenças associadas.

 

Quem tem alergia a ovo pode receber a vacina?

Se a criança apresenta alergia grave ao ovo (anafilaxia), a recomendação da Sociedade Brasileira de Imunização e Associação Brasileira de Alergia e Imunologia é que a vacina seja realizada em ambiente com condições de atendimento caso ocorra reação anafilática e permanecer em observação por pelo menos 30 minutos após a aplicação da vacina.

Reações alérgicas a ovo mais leves podem realizar a vacina sem os cuidados acima.

Quem tomou a vacina ano passado precisa tomar novamente esse ano?

Sim!

As cepas do vírus tendem a mudar de um ano para o outro, e assim, anualmente há uma atualização da vacina para que a proteção seja a mais específica possível.

A vacina de 2018 contém uma nova cepa do Influenza A, subtipo H3N2.

 

Fonte: Sociedade Brasileira de Imunizações / Associação Brasileira de Alergia e Imunologia / Ministério da Saúde / Organização Mundial da Saúde 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s