Fórmulas/Leites Artificiais Infantis

Hoje temos inúmeras fórmulas infantis no mercado. Cada uma com uma nomenclatura e com composições diferentes. Nesse post, vamos explicar os tipos de fórmulas e suas nomenclaturas. A decisão de qual fórmula é mais indicada para o seu filho deve ser tomada em conjunto com seu pediatra.

Até os 6 meses de vida, o aleitamento materno exclusivo é a melhor alimentação que o bebê pode receber. Até o momento não existe leite/fórmula artificial que contenha todos os benefícios que o leite da mãe tem (conheça todos os benefícios do leite materno no Post).

Na impossibilidade da prática do aleitamento materno, deve-se utilizar fórmulas infantis, conforme recomendação das Sociedades de Pediatria Brasileira, Americana e Européia. O leite de vaca “in natura” ou desidratado (em pó) não é considerado alimento adequado para bebês menores de 1 ano de vida e não é indicado para menores de 6 meses.

Por que o leite de vaca “in natura” ou em pó não é adequado para bebês menores de 1 ano?

  • Alto teor de sódio e proteínas que aumentam o risco de hipertensão arterial
  • Valores inadequados de vitaminas C, D e E, ferro e zinco
  • Baixa densidade energética (caloria insuficiente)
  • Não possui aminoácidos necessários para a formação da retina e sistema nervoso central do bebê
  • Aumenta chance de Alergia a Proteína do Leite de Vaca (Leia mais no Post)
  • Pode levar a pequenos sangramentos intestinais que favorecem o surgimento de anemia ferropriva

Lembramos que este é um Post informativo. Assim, discuta sempre com seu médico as indicações para uso de cada leite.

Não inicie fórmulas especiais sem acompanhamento e prescrição médica.

Tipos de Fórmulas Infantis

Fórmula Infantil Pré

  • Indicado para Prematuros
  • Devem receber a fórmula até 2 meses de vida (idade corrigida – converse com seu pediatra)
  • Sempre precedido da sílaba Pré em sua nomenclatura
  • Exemplos:
    • Pré NAN®
    • Pré Aptamil®
    • Entre outros

Fórmula de Partida

  • Recém-nascidos a termo
  • Indicado pros primeiros 6 meses de vida
  • Sempre apresentam o número 1 em sua nomenclatura
  • Exemplo:
    • NAN 1®
    • Aptamil Premium 1®
    • Milupa 1®
    • Enfamil 1®
    • Similac 1®
    • Entre outros

Fórmula de Segmento

  • Bebês a termo
  • Indicado de 7 meses a 1 ano de vida
  • Sempre apresentam o número 2 em sua nomenclatura
  • Exemplo:
    • NAN 2®
    • Aptamil Premium 2®
    • Milupa 2®
    • Nestogeno 2®
    • Enfamil 2®

Fórmulas Lácteas com Espessantes (Anti-Regurgitação)

  • Indicado para bebês e crianças com Refluxo Gastroesofágico
  • Sempre apresentam AR em sua nomenclatura
  • Exemplo:
    • NAN AR®
    • Enfamil AR®
    • Aptamil AR®

Fórmula Lácteas sem Lactose

  • Não contém o açucar lactose do leite
  • Indicado para crianças com intolerância a lactose
  • Sempre apresentam “sem lactose” em sua nomenclatura

Fórmulas Hipo Alergênicas (Parcialmente Hidrolisadas)

  • Suas indicações devem ser discutidas com Pediatra ou Alergista
  • Não é indicada para crianças que apresentam comprovadamente Alergia Alimentar
  • Sempre apresentam HA em sua nomenclatura

Fórmulas Extensamente Hidrolisadas e Fórmulas de Aminoácidos

  •  Indicadas para crianças com Alergias Alimentares. Converse com seu Pediatra/Alergista.
  • Exemplo:
    • Pregomin Pepti ®
    • Alfarè®

Fórmulas à Base de Soja

  • Indicada para crianças com alergias alimentares, galactosemia, entre outros.
  • Exemplo:
    • NAN Soy®
    • Enfamil Pro Sobee®
    • Aptamil 1 Soja®

 

Limpeza das Mamadeiras e Utensílios

É muito importante que todos os utensílios utilizados para a alimentação dos bebês e tenham sido cuidadosamente limpos e esterilizados antes da utilização.

  1. As mãos devem ser sempre lavadas cuidadosamente com água e sabão antes da limpeza e esterilização dos utensílios utilizados na preparação e na alimentação (como se descreve a seguir).
  2. Limpeza: lavar cuidadosamente os utensílios de preparação e de alimentação (p. ex. mamadeiras, copos de alimentação e colheres) em água quente com detergente. Quando são utilizados mamadeiras, estes devem ser esfregados com escovilhões no interior e exterior para garantir que todos os resíduos de alimento remanescentes são removidos.
  3. Após lavar os utensílios de preparação e de alimentação enxaguar cuidadosamente em água potável.
  4. Esterilização:
    • Encher uma panela grande com água e submergir completamente todos os utensílios de preparação e de alimentação previamente lavados, certificando-se que não há bolhas de ar presas no interior dos utensílios;
    • Cobrir a panela com uma tampa e levar à fervura, garantindo que a panela não fica sem água;
    • Manter a panela tapada até à utilização dos utensílios.
    • As mãos devem ser lavadas cuidadosamente com água e sabão antes de retirar os utensílios do esterilizador ou da panela.
    • Para prevenir uma recontaminação, é preferível retirar os utensílios de alimentação e de preparação imediatamente antes de ser requerido o seu uso. Se os utensílios forem retirados do esterilizador e não forem utilizados imediatamente, devem ser tapados e guardados num local limpo. As mamadeiras podem ser totalmente montados para prevenir a contaminação do interior do recipiente esterilizado.

 

Como Preparar as Fórmulas Infantis?

  1. Ferver um volume suficiente de água potável. Se utilizar uma chaleira automática, aguardar até que a chaleira se desligue; caso contrário certifique-se que a água atingiu o ponto de fervura. Nota: a água engarrafada não é estéril e deve ser fervida antes de ser utilizada. Os fornos de micro-ondas não devem nunca ser utilizados na preparação porque o aquecimento pode originar “pontos quentes” que podem queimar a boca do lactente.
  2. Tendo o cuidado para não se queimar, colocar a quantidade adequada de água fervida, que foi deixada arrefecer ligeiramente mas não abaixo de 70 °C, para a mamadeira ou copo de alimentação, lavado e esterilizado. Para atingir esta temperatura a água não deve ser deixada a arrefecer mais do que 30 minutos após a fervura.
  3. Acrescentar a quantidade exata de água conforme as instruções indicadas no rótulo. Após, adicionar a quantidade de leite correspondente.
  4. Agitar ou mexer suavemente a mamadeira até os conteúdos estarem bem misturados, tendo cuidado para não se queimar.
  5. Se utilizar copos de alimentação, misturar cuidadosamente por agitação com uma colher limpa e esterilizada, tendo cuidado para não se queimar.
  6. Imediatamente após a preparação, diminuir a temperatura do leite até a temperatura ambiente, mantendo-os debaixo de água corrente ou colocando-os num recipiente com água fria ou gelada. Certifique-se que o nível da água de arrefecimento está abaixo da tampa do biberão ou do bordo do copo de alimentação.
  7. Secar o exterior do biberão ou do copo de alimentação com um pano limpo ou descartável.
  8. Dado que foi utilizada água muito quente para preparar o leite é essencial confirmar que a temperatura de alimentação é verificada antes de oferecer a criança, de modo a evitar queimaduras.
  9. Desprezar a sobra de leite da mamadeira. Não oferecer a sobra na próxima mamada.

O ideal é que sempre a preparação sempre seja fresca e o consumo imediatamente após. 

Reforçamos que a recomendação da Organização Mundial da Saúde é:

“Aleitamento materno EXCLUSIVO até os 6 meses e associado aos alimentos complementares até os 2 anos ou mais.”

 

Fonte: Sociedade Brasileira de Pediatria / Organização Mundial da Saúde (Preparação, manipulação e conservação de fórmulas desidratadas para lactentes: Manual das Boas Práticas)

Um comentário em “Fórmulas/Leites Artificiais Infantis

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s