Constipação Crônica

A constipação crônica inicia em geral no primeiro ano de vida. É caracterizada por dor ao evacuar devido a fezes endurecidas, que podem ter formato de bolinhas ou terem volume muito aumentado.

 

O que é constipação crônica?

Eliminação de fezes endurecidas, em forma de cíbalos ou com rachaduras, associado a dor, dificuldade ou esforço na hora de evacuar

OU

Aumento no intervalo entre as evacuações

OU

Escape das fezes (saída de pouca quantidade amolecida) devido à retenção prolongada do cocô

 

  • Qualquer uma das situações acima constitui a situação de constipação.
  • Crônica é quando o quadro se prolonga por mais de 2 semanas.

 

Sintomas da Constipação

  • Fezes endurecidas, com formato de bolinhas ou cilindro com rachaduras
  • Dor e dificuldade para evacuar
  • Criança começa a evitar a evacuação devido a experiência da dor. Assim, as evacuações começam a ocorrer em intervalos maiores (às vezes maiores que 1 semana)
  • Fezes vão ficando maiores, volumosas e ressecadas que podem entupir o vaso quando eliminadas. As fezes maiores causam mais dor ao evacuar, piorando o quadro de constipação
  • Dor de barriga crônica
  • Infecção de urina de repetição
  • Diminuição do apetite
  • Fazer xixi na cama

 

Causas de Constipação

  • Funcional: devido a dieta pobre em fibras e poucos líquidos a criança apresenta fezes endurecidas que pode levar a um comportamento de retenção, ou seja, ela mesma começa a evitar a evacuação pela dor. Corresponde a 90% dos casos de constipação na infância
  • Outros 10% dos casos pode ser secundário a alguma doença intestinal:
    • Doença de Hirshprung: parte do intestino não apresenta nervos, impedindo que as fezes passem normalmente
    • Alergia a proteína do leite de vaca
    • Hipotireodismo
    • Doença Celíaca
    • Entre outras

 

Lembrando que em bebês em aleitamento materno exclusivo ou predominante o intervalo de eliminação das fezes pode ser maior que 3 dias, podendo chegar a 2 a 3 semanas em alguns casos. Isso ocorre em 5% dos lactentes, sempre com fezes amolecidas, e não endurecidas.

Tratamento

  • Dieta rica em fibras
    • Frutas com casca
    • Legumes e verduras
    • Feijão e grãos em geral
    • Pão integral
  • Aumentar a ingesta de líquidos
    • Água
    • Suco de frutas natural
  • Atividade física regular
  • Treinamento no vaso sanitário:
    • Após uma das refeições principais ou quando houver vontade de evacuar, levar a criança ao vaso sanitário por pelo menos 10 a 15 minutos para estimular a evacuação. Apoiar os pés em banco (caso a criança não alcance o chão) ajuda.
  • Laxantes: deve ser usado com acompanhamento e prescrição médica

 

constipacao2
A falta de apoio dos pés dificulta a evacuação. Coloque um apoio para que a pressão dentro da barriga aumente e facilite a saída do cocô

 

Fonte: Livro: Pediatria – Diagnóstico e tratamento 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s