Tipos de Inaladores/Nebulizadores

     Os inaladores são aparelhos muito úteis para crianças e adultos, pois são a via de administração de diversas medicações, como Berotec ®, Atrovent ®, entre outros. Além disso, também usamos a inalação com soro fisiológico, como uma forma de hidratar as vias aéreas e ajudar quando estas estão com secreção ou quando o tempo está seco.

Existem 2 tipos de nebulizadores/inaladores: a jato e ultrassônico. Além desses, existe também o espaçador e máscara que também é utilizado para realizar medicações inalatórias que vêm em dispositivos chamados de inaladores pressurizado (IPs) ou as famosas “bombinhas”. Nesse post vamos explicar sobre cada um deles.

Continuar lendo “Tipos de Inaladores/Nebulizadores”

Conjuntivite Alérgica

A conjuntiva é uma fina mucosa que recobre o olho e as pálpebras em sua porção interna. Sua inflamação é caracterizada pelo olho vermelho, podendo ter diversas causas, como infecção viral/bacteriana e alergias.
Fonte: cemahospital.com.br
Fonte: atribunamt.com.br

 

 

 

 

 

Os principais sintomas de conjuntivite alérgica são:

  • vermelhidão nos olhos
  • inchaço das pálpebras
  • coceira nos olhos
  • secreção nos olho

Continuar lendo “Conjuntivite Alérgica”

Urticária e Angioedema Agudos

     Urticária são vergões avermelhados (urticas) que coçam, duram até 24 horas e não deixam marcas na pele.  O angioedema é o inchaço da pele, de coloração rósea, geralmente nos lábios, pálpebras, pés, mãos e genitais. É um inchaço que deforma o rosto da pessoa e não é simétrico. 
     Nos casos mais graves, a urticária/angioedema pode vir acompanhada de outros sinais como chiado no peito, dificuldade para respirar, diarreia e queda da pressão arterial caracterizando anafilaxia (reação alérgica grave).

Continuar lendo “Urticária e Angioedema Agudos”

Teste de Punctura (Prick-test)

 É um teste utilizado desde 1924, seguro e de fácil execução, sendo o mais utilizado na prática clínica dos alergistas.

Como é feito?

É feito no antebraço do paciente: pingamos uma gota com o extrato da substância que queremos investigar e com uma lanceta raspamos levemente a pele. É indolor, a sensação é de uma pressão discreta na derme. Em 15 minutos é feito a leitura e já temos o resultado!
 
Extrato no antebraço do paciente

 Leve raspagem na pele 

Pra que serve?

Falamos no post sobre Alergia Alimentar como desenvolvemos alergia e enfatizamos a presença da Imunoglobulina E (IgE), que é uma das moléculas responsáveis pelos sintomas alérgicos.
Assim, o teste identifica se o paciente produz IgE contra determinada proteína, assim, nos diz se o paciente é sensibilizado a elas, confirmando o diagnóstico de alergia quando associado aos sintomas.
Pode ser feito para inalantes (ácaros, poeira doméstica, fungos, epitélio de cão, gato), alimentos (leite de vaca, amendoim, ovo, camarão, entre outros) e até medicações, como amoxicilina.
Formação de pápulas, indicando presença de IgE

 Agende sua consulta conosco! Realizamos o prick-test em nosso consultório.

Reação Adversa a Medicamentos

 

As reações adversas a medicamentos pode ser classificada da seguinte forma:

  •  Primeiro temos as reações previsíveis, ou seja, que são relacionadas às ações farmacológicas da medicação e são os chamados efeitos colaterais. Por exemplo: após inalação com Berotec é comum o paciente sentir o coração acelerar.
  • Segundo temos as reações imprevisíveis, e aqui entram as alergias. Estas dependem da susceptibilidade individual de cada paciente, e podem ocorrer reações a antibióticos, anti-inflamatórios, anestésicos, entre outros. 
A alergia a medicamentos pode iniciar em qualquer período da vida, desde a infância até a velhice. Assim, podemos tomar um medicamentos por anos sem ter reação e um dia, os sintomas iniciam. Lembre-se que uma vez alérgico a uma medicação específica, toda vez que a pessoa entrar em contato com a mesma, os sintomas vão aparecer.

Continuar lendo “Reação Adversa a Medicamentos”